Wednesday, January 13, 2010

The time of my life!

O ano mais intenso da minha vida está na reta final e agora, assim como no início, e no meio também, os sentimentos se misturam, se confundem, se multiplicam, superlotam meu coração. Antes era medo do desconhecido, do novo. Era uma falta de tudo o que era familiar que chegava até doer; era o deslumbramento ao ver lugares novos, a alegria de estar realizando um sonho e a expectativa das muitas coisas boas que estavam por vir. Agora é a saudade de casa, a vontade de voltar, o medo da readaptação, da nova rotina. A certeza de que vou sentir muita saudade dos EUA, dos amigos que fiz aqui, da família que me acolheu.
Nesse ano que passou eu conheci Nova York. Museus, bairros, Estátua da Liberdade, Rockefeller Center, lojas famosas, Quinta Avenida, Central Park. Vi desfiles (Halloween, Thanksgiving) e as lojas decoradas pro Natal. Vi que NY realmente nunca dorme, que os taxistas são malucos (mas sobrevivi) e que é o lar de todos os povos e culturas.
Passei uma semana na Disney, me divertindo como criança, sorrindo e me deslumbrando o tempo inteiro; Visitei a capital, Washington, onde fui no bar mais bizarro e dormi no hostel mais monstruoso, mas me diverti muito e gastei pouco. Ah, e tive aula de mandarim com o coleguinha de quarto chinês. Ia pro Alabama ver a Dani e a Karen, mas acabei indo pra Miami com a Ju, onde tivemos as melhores férias ever! Praia-balada-praia. Foi a semana em que esqueci do mundo, encontrei surpresas, entrei de cabeça e ganhei lembranças e amigos que vão ficar no coração.
Vi um jogo da NBA no Madison Square Garden (realizei o sonho do Vini), patinei no gelo, fui em parque aquático, e ao Six Flags (maiores montanhas-russas do país), fiz guerrinha de bola de neve, dirigi pra caramba, tive voos horríveis nos quais senti medo de morrer, fui pra casa da Carol em Pittsburgh e vi o Cirque du Soleil, e realizei um dos maiores e mais antigos sonhos da minha vida: vi os Backstreet Boys cantarem ao vivo, de pertinho! Várias primeiras vezes e sensações impagáveis!
Na primeira semana conheci um pouco do mundo e mais do Brasil. Uma amostra do que seria o ano de Au Pair. Éramos mais ou menos 60, 12 brasileiros (MG, SP, BA, SC, PE). Além do inglês, às vezes tínhamos dificuldade em nos entender. Mas nos divertimos muito com isso. Tantos sotaques, tantas diferenças vindas de um só país. Mas do treinamento cada um foi pra sua casa e aqui em NJ encontrei o meu porto, minhas queridas amigas, um pedacinho do Brasil. É com elas que posso ter o alívio de falar um pouco de português, almoçar em Newark, reclamar da vida e fazer planos. Mas como nada é perfeito, não dá pra evitar o momento em que cada uma segue seu caminho, volta pra casa. Primeiro a Matilde, agora Dani, Vanessa, Ju, Carol... Isso aqui não vai ter tanta graça sem vocês... mas logo eu volto pro Brasil e vou ter casa pra ficar em SP, Salvador, Recife... Sem contar México, Alemanha, Ucrânia...
No balanço final dessa experiência maravilhosa, vai sobrar saudade pra dar e vender.

5 comments:

Juliana Honorato said...

Ahhhh amiga, vou sentir muitas saudades suas tmb. Mas sabe que sempre tera um lugarzinho la em São Paulo pra vc e eu sei que sempre terei um cantinho em Minas tmb....ou sera Brasilia??? rsrrs Intependenete pra onde formos seremos amigas pra sempre!!!! Vc deixou uma marca sem igual no meu coraçoão e por resto da minha vida vou carregar vc aqui do lado esquerdo do peito. Sua eterna admiradora - Ju Honorato =)

Carol said...

Esse texto me emocionou, acho que me senti um pouco nele... Seja pelo meu nome citado, seja porque a gente passou por experiencias semelhantes, tivemos alguns momentos compartilhados, provavelmente os mesmos medos, expectativas e deslumbramentos. Sei que, ao voltar, sentirei muita falta dos EUA. Nao por tudo de material que aqui tive, ou pelas oportunidades, mas sim porque nessa jornada de um ano conheci pessoas maravilhosas, como voce. Desejo que nesses meses que te faltam aqui voce aproveite da melhor forma possivel, e que viva como se nao houvesse amanha... "porque se vc parar pra pensar, na verdade nao ha"... Que eu tenha deixado um pouquinho de mim. E levarei comigo um pedacinho de ti! Te espero em Salvador, e pode crer, eu vou em Minas ;)
Um Beijo Aninha!

Carol said...

Ana, muito bom esse texto! Às vezes me pego pensando em tudo que to tendo a oportunidade de conhecer, e nas coisas das quais sei que vou sentir saudades... Que bom que seu ano tenha sido tao bom e que tenha valido a pena!

Boa volta pra casa!

Bjoss!

Daniella G. said...

Aninha... ja li esse texto umas 3 vezes rs... pra mim eh triste o fato de saber que aos pouquinhos as pessoas vao indo embora, cada um voltando pro seu pais, em estados diferentes... e td nunca serah a msm coisa, por isso que a gente tem q aproveitar CADA minuto... =]
E tbm cada fase da vida eh especial. Tenho que ter fe que a proxima fase da minha vida pode ainda ser melhor!! Teremos amigos de toda a parte do mundo... amigos pra vida toda :):)

BjokAAAsss =]

Bia said...

Vibrei com esse comentário:"vi os Backstreet Boys cantarem ao vivo"...
Assisti eles aqui no Brasil, quatro vezes já...mas confesso que aí nos EUA deve ter um gostinho diferente que eu amaria experimentar!
Quero tanto ser au pair...bom saber que o seu saldo foi positivo!
Posso perguntar?! Por que não o segundo ano???

bjs