Tuesday, September 22, 2009

Você é feliz?



E lá vamos nós de novo. Pensar sobre aquelas perguntas chatas, sem resposta, que nunca saem da nossa cabeça. A de hoje é: o que é a felicidade? Já li e conversei muito sobre esse assunto. Muita gente diz que felicidade completa não existe, que nós podemos ter momentos de alegria, de bem-estar, mas não somos felizes. Eu, por exemplo, nunca estou satisfeita com a vida. Tenho muitos sonhos e planos e, à medida que vou realizando o que quero, fico feliz, mas logo depois já quero mais. E o pior, muitas vezes eu não faço ideia do que seja esse mais. E daí vem a angústia, a crise. Sou uma pessoa dada a dramas, a grandes preocupações, a crises existenciais. Talvez se eu desocupasse minha mente de tanta baboseira, sobraria espaço pra mais felicidade. Se eu parasse de me preocupar tanto com um futuro incerto, houvesse mais satisfação com o que já é. Mas sempre me falta algo.
A gente acha que “quando eu tiver tal emprego vou ser feliz” ou “só vou ser feliz quando me casar...” “ai, mas um filho completaria tudo...” E como a gente deve se sentir no presente? O que faz você levantar da cama todos os dias? O que te dá vontade de viver? O que você enxerga quando pensa no futuro? Enfim, pra quê você vive? Acho que as pessoas foram feitas para serem felizes e, como todos dizem, a vida é tão curta, e só temos uma chance de usá-la bem.
Ás vezes penso que se eu morresse hoje me arrependeria de muita coisa que deixei de fazer, de pessoas que deixei de conversar, perguntar como vai, ou conhecer melhor, realmente se interessar por ela. Verdades que precisavam sair do peito, sentimentos que precisavam fluir, palavras que precisavam ser ditas ou escritas. Lugares que queria ter visto.
Então sou uma aprendiz, venho me ensinando essa pequena lição todos os dias, um dia de cada vez. Ser feliz, estar em paz, viver aqui e agora. Carpe Diem!

13 comments:

Ananda said...

Ana Drama Queen? hahaha
Olha Ana, já diz a propaganda do Futura, não são as respostas que movem o mundo e sim as perguntas. Acho que vc está no caminho certo. ;)
Sobre felicidade eu não sei muito. Costumo ser simples pq assim as coisas se tornam simples pra mim tbm (mas não me pergunte como faço isso pq nem eu mesma sei e, claro, nem sempre funciona). Mas hoje mesmo uma amiga me disse "Infelicidade é uma questão de prefixo".
Será? Mais um questionamento pra vc! hahaha
Beijo!

Patty said...

aaii que legal, Ana. Adoro seus textos!

Justamente hoje eu acordei com o pensamento "live one day at a time"...

Vamo que vamo, amiga, mas sempre pra frente ^^

Mr Wu said...

Elaisa,
a psicanálise diz q somos realmente incompletos, em busca do falo. Acho q não é bem assim, mas tb não deixa de ser. No fundo, a gente só precisa é de entender, de verdade, como é q é esse lance de ser feliz pra vida da gente, tipo, myself, e não se deixar abalar pelo q há ao redor.
Como sempre, adoro.
Bjs

Camila M. said...

Não dá pra ser feliz o dia todo, mas todo dia, sim!

Dani Grotkowsky said...

Oi, Ana!

Adorei seu texto... muito real, principalmente na nossa vida de au pair, que viemos aqui buscar um algo mais, que muitas vezes nao sabemos o que é. Mas temos certeza que tudo isto está valendo a pena.

Vamos aproveitar o que cada dia traz de bom pra nós. As vezes nós esquecemos (eu principalmente), então uma lembra a outra, tá??? rs...

Um beijÃO!!!!!!

Joo said...

Como eu paguei pau pra esse post, Ana!
E como o comentário d'Ananda completou perfeitamente. Hehehe!

Acredite, eu refletir, mas me diverti muito tb! =D

Beijoca!

A big dream! said...

Felicidade eh um estado de espirito, nao precisamos de nada nem ninguem para sermos felizes. Por vezes temos alguns ou muitos momentos tristes, por vezes temos alguns ou muitos momentos de alegria. Porem, ha uma estabilidade, o 'voltar ao normal', encontrar a felicidade, o bem estar, o querer estar vivo, dentro de si mesmo.

Marcelo Mayer said...

ser feliz é lidar com os problemas e respeitar os defeitos. ser feliz é buscar o caminho pelas perdas(perder problemas, stress, tristeza, pessoas ruins), pois escolher pelo oq vai ganhar, sempre lhe trará frustrações.

gostei!

te seguindo!

Auíri Au said...

Ser feliz sem motivo, já é a maior forma de felcidade!!
beijos

patrick said...

... depois de um período de infelicidade... estou, agora, vivendo um período de pura felicidade, melhor de tudo sem nem um motivo aparente! Não conquistei tudo que quero, nem realizei meus sonhos... mas, estou experimentando um momento muito feliz! Dessa vez, acho que a felicidade só depende dagente mesmo, não basear nossa felicidas nos outros!!! Acho que é isso... Beijão

Jailson said...

Gostei do seu post!Pra mim felicidade é agradecer o que ja possui, buscar objetivos q a principio são sonhos, e a melhor parte,lutar pra realizá-los! E finalmente vibrar quando conseguir! Daí o ciclo se repete: agradecer, sonhar, lutar e finalmente vibrar sentindo toda felicidade por ter conseguido!
Jailson

carlos oliveira said...

A felicidade está nas coisas simples da vida. Coisas que quase sempre deixamos passar despercebidas, e só depois damos o devido valor. Acredito que por isso as crianças geralmente são tão felizes, pois é exatamente a essas coisas simples que elas mais dão valor. E afinal, quem de nós nunca parou para ficar lembrendo alguns momentos da infâcia? E geralmente nessas horas é que pensamos... "Eu era feliz e não sabia!!!"

Mas como já dizia Chaplin:
"Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é "muito" pra ser insignificante."

Adorei o texto!!! abraço.

Renata Fonseca said...

Oi, Ana!
Ultimamente venho pensando muito nessa questão também. E justamente por isso resolvi viver ao invés de só fazer planos. Claro, planos para o futuro são necessários, no entanto, não devem ocupar todo o seu tempo/espaço no presente. Talvez esse seja o segredo de uma vida plena e feliz: viver um dia de cada vez. =)
So... Let's be happy*

Ps.: Adoro seus textos.